08 abril 2013

34

Síndrome de Munchausen

Olá queridos leitores? Hoje vamos falar de um assunto muito sério. É uma síndrome pouco conhecida, que pode passar despercebida em nosso meio e traz perigo a si mesmo e ao próximo. Tenho muita coisa sobre a doença, então vou tentar resumir ao máximo aqui ok?

Surgimento do Nome:
Karl Friedrich Hieronymus von Munchausen (1720-1797) servia nas forças armadas. Quando se aposentou, divertia os amigos com suas aventuras, contadas de forma exagerada.
Em 1951, Asher descreveu três pacientes com histórias dramáticas e falsas e sugeriu o nome de síndrome de Munchausen, à semelhança do comportamento que tinha o barão. 

O que é:
Transtorno psiquiátrico que faz a pessoa criar sintomas de uma doença que ela sabe que não tem para receber os cuidados da equipe médica ou a atenção de seus familiares. O paciente mente sobre o que tem, e em casos extremos, provoca, ele mesmo, os sinais da doença em seu corpo. 

Subtipos:
Síndrome de Munchausen por procuração.
A pessoa geralmente é mãe, produz os sintomas em outro indíviduo, sob seus cuidados, em geral o filho pequeno.
Síndrome de Munchausen virtual.
A pessoa recorre a fóruns da internet para se queixar de problemas de saúde inexistentes e assim chamar a atenção de outros internautas.

Características do portador da síndrome:
Dentre as características essenciais da síndrome estão a apresentação dramática de sintomas com uma ou mais queixas fictícias e exageradas, mentiras sobre a própria vida e passagens por múltiplos hospitais. As mentiras e simulações são conscientes, mas os motivos da falsificação da enfermidade e a necessidade de chamar atenção são inconscientes.

Rosemberg, citado por Prado e cols., em revisão de 117 casos, observou que em 44% das apresentações ocorria hemorragia, convulsão em 42%, depressão do sistema nervoso central em 19%, apnéia em 15%, diarréia em 11%, vômitos e febre em 10% cada e exantema em 9%, considerando também a associação entre sinais e sintomas.
Devido à grande diversidade de sintomas foram propostos três critérios diagnósticos:
1. Fingimento ou produção intencional de sinais e sintomas físicos;
2. Necessidade psicológica de assumir condição de doente;
3. Ausência de incentivos externos ou ganho secundário
Em geral, são pessoas inseguras, com grande necessidade de afeto e de chamar atenção.
Uma vez que os sintomas tenham como sítio diferentes órgãos do corpo, qualquer médico, independente de qual seja sua especialidade, está sujeito a se deparar com a síndrome de Munchausen.


Uma variante particular interessante desta síndrome é aquela em que uma criança é usada como paciente substituto. Os pais falsificam uma história e podem administrar fármacos aos filhos, adicionar sangue ou contaminantes bacterianos a amostras de urina para simular uma enfermidade.
Tipicamente parece haver nos pais o intuito de se sentirem especiais, de ganharem a atenção das pessoas, dos familiares, dos amigos e da comunidade como heróis por cuidarem do filho com uma trágica doença.
Geralmente a criança tem menos de seis anos de idade. Às vezes há o antecedente de morte misteriosa de um irmão, não sendo, entretanto comum história de doença familiar. A síndrome de Munchausen é uma forma de maus-tratos à infância que implica em sérios riscos à saúde e qualidade de vida da criança, com conseqüências de ordem física, psíquica e social.


Tratamento:
É difícil a abordagem destes pacientes para diagnóstico e para tratamento, pois continuamente estão abandonando os hospitais. Há autores que sugerem o tratamento medicamentoso, mas a peça chave para manejo desta patologia está na psicoterapia.
Sugere-se, na síndrome de Munchausen por procuração, conferir a relação temporal entre os sintomas e a presença da mãe, conferir a veracidade dos sinais, realizar anamnese psicossocial detalhada, separar a criança da mãe e observar, solicitar ajuda psiquiátrica.

Não confunda com:
Hipocondria: Aqui a pessoa não cria os sintomas, mas exagera os pequenos sinais que apresenta.
Histeria: O paciente sofre desmaio, convulsão, cegueira repentina.. mas sem que os sintomas tenham razão clínica. 

Você encontra mais sobre o assunto:
Minha mãe minha assassina na Discovery H&H 
Dr. House 9º episódio da 2ª temporada "A Decepção"
Grays Anatomy: 4º episódio da 2ª Temporada "Deny, Deny, Deny"
Livro da Julie Gregory Sickened (Eu não sou doente)
-Eu tenho muita coisa, muitos depoimentos mas ja deixei a postagem muito grande. ^^ 


A síndrome de Munchausen realmente é de difícil diagnóstico, mas para que entre na lista de diagnósticos diferenciais é preciso conhecê-la

Gostou? Aprendeu? Compartilha!



 

34 comentários :

  1. OLÁ MINHA LINDA!!!! FICO FELIZ EM SABER QUE ESTÁ RECEBENDO BASTANTE VISITAS DO NOSSO GRUPO ENTRE BLOGS. O GRUPO TEM CRESCIDO BASTANTE,DIA A DIA.
    COM RELAÇÃO A PALAVRA trabalhando QUE VOCÊ DISSE ESTAR SUBLINHADA E COM UM LINK, PRÁ MIM NÃO ESTÁ APARECENDO NADA. PODE SER ALGUMA COISA NO SEU PC.
    NESTE POSTS TAMBÉM TEM UMA IMAGEM NO FINALZINHO QUE ESTÁ COM PROBLEMA.
    POR FALAR NO POST COMO SEMPRE ARRAZOU. MUITO INSTRUTIVO E INTERESSANTE. EU VI O FILME Dr HOUSE QUE FOI UM CASO DESSE.

    BJUUSS LINDA

    CRIS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aqui ta tudo tranquilo, não sei qual imagem deu erro .. / Obrigada Cris :D bjs

      Excluir
  2. Amei o post,super explicativo!!!
    Bjus

    http://blogluminoso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. A primeira vez que ouvi este termo foi na série House.
    Confesso que não tinha entendido muito bem.
    Agora ficou mais claro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, também vi esse episódio. Que bom que esclareci.
      :*

      Excluir
  4. Muito bom esse post!! inda não conhecia essa síndrome... mas quem tem deve ser complicado conviver com isso.. imagina inventar doença.. que horror!!


    Beijinhos

    Desi
    http://crochedadesi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é verdade, muitas pessoas ainda não conhecem. Deve ser muito ruim mesmo, ainda mais quando envolve uma criança.
      beeijos

      Excluir
  5. Muito bom, to achando que minha avó tem isso, ela gosta de fazer um drama!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk eeita meu Deus, tadinha ^^ aoeieo :*

      Excluir
  6. Nossa,não sabia que isso era uma síndrome.
    Tinha uma amiga que dizia que vivia com dores, a mesa de trabalho dela era recheada de remédios e nunca se contentava, ligava para o médico e fazia um drama (eu que convivia com ela sabia que o que ela falava não era verdade) e o médico dá-lhe faixa preta nela...até fui com ela no psiquiatra uma vez e ela mentiu tudinho, e eu com a cara de tacho ouvindo e sabendo que estava mentindo, credo! ahahhahaa. Vou mandar essas dicas pra ela por e-mail assim como quem não quer nada....:P

    E sobre sua pergunta do recheio para o cupcake salgado, pode ser o que vc gostar como: frango com requeijão, calabresa com azeitona, queijo e presunto, couve flor....o que vc quiser mesmo!

    Beijãoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. poois é, a gente nem imagina que pode estar ao nosso lado pessoas com problemas que precisam de ajuda especializada e não sabemos ../ obrigada pelas dicas, vou fazer \õ/ beeijo:*

      Excluir
  7. Oieee minha Flor, td bem?

    Pois eh, cada um mais lindo que o outro né, quero todos, rsrs... Super Tendência para o Outono e Inverno 2013... Pois td que é demais não fica legal, tem que saber dosar, se não vamos parecer que saímos do quartel, o legal é o Toque da Sutileza, saber combinar com outras peças de referência como o Jeans por exemplo..!!! Todas as peças são lindas, ainda tem muito mais coisas por aí, rsrs...!!! Seguindo e curtindo minha flor...!!! Parabéns pelo trabalho e iniciativa, infelizmente a maioria da pessoas não dão muito importância para esses assuntos, no entendo existe várias pessoas inclusive no nosso meio com algum tipo de Distúrbio Psiquiátrico, mais a maioria da pessoas por não ter conhecimento muitas vezes não procuram ajuda de um profissional e na maioria das vezes são tratáveis, msm os casos crônicos tem como estabilizar, mais algum dia essa realidade vai mudar...!!!

    Bjkasss...

    Curtiu, curtiu??? Então curta!!!
    https://www.facebook.com/pages/Blog-Graziela-Freitas-Makeup/142154245933833?ref=hl
    https://www.facebook.com/GrazielaConsultoraIndependenteMaryKay?ref=hl

    http://www.grazyfreitasmakeup.com.br/2013/04/tendencia-militar-inverno-2013.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é verdade Grazi, nossa mente é um mundo muito complexo que por muitas vezes nem imaginamos o que se passa conosco ou com nosso colega ao lado. Beeijo:* ja sigo e já curto (:

      Excluir
  8. Olá Lane amiga
    Uma ótima postagem, visto que essa síndrome não a conhecia e por ter o nome de síndrome complica um pouco mais, pois não descobriram a cura ainda e sim uma melhora

    Abraços,
    Trocyn Bão - Thiago

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é verdade, infelizmente transtornos psicológicos são lutas diárias com força de vontade e terapia. É sempre possível melhorar!
      abraaços:*

      Excluir
  9. É uma síndrome muito séria que pode levar a consequencias graves para a saúde ou a morte.
    Olha como a internet acabou desencadeando outros diagnósticos né, agora, síndrome de munchausen virtual.

    www.vaidosaetodaprosa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade, até virtual existe e traz várias consequencias ..

      Excluir
  10. Gostei muito do seu blog. :) Depois dá uma olhadinha lá no meu e se gostar curti a página ou segui o blog de volta, beijos. *-*

    http://rosaachiiclete.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi,amiga! Nossa, como a cabeça navega! Amei sua postagem! Tenho uma amiga que diz que o filho está muito doente,febre alta...Quando vamos visitar descobrimos que não é nada disso. Como essa doença é triste! Beijos e obrigada por visitar meu blog. Lylian

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, triste mesmo, imagine atingindo a criança que nao tem nada haver?! :/
      :*

      Excluir
  12. Oi,adorei o seu blog.Nossa eu conheço uma pessoa que vive inventando doença no filho para chamar a atenção dos vizinhos e familiares.
    Adorei o seu blog.
    Já estou te seguindo.
    Beijos Drica!!!

    cemporcentomimadas2.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. impressionante ver como pessoas ao nosso redor podem ter tantos sintomas não é ..
      obrigada, retribuindo, bjs

      Excluir
  13. Olá Lane, venho aqui te convidar para uma tag, onde você será nosso entrevistado se aceitar nossa proposta.
    Deixo aqui o link para que você conheça a tag ( http://www.riosul2012.com/2013/04/entrevistados-do-trocyn-bao.html ).
    Espero sua visita.

    Abraços, linda tarde.
    Thiago

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thiago, obrigada querido, ja respondi :D adorei a entrevista. bjs

      Excluir
  14. Oiii Lane!

    Nossa, eu acho que tenho uma tia avó que tem isso. Ela ta sempre reclamando que ta mal e os médicos falam que ela não tem nada. Ela é meio louquinha e depressiva...

    Bem interessante, vou indicar pros filhos dela lerem.

    Estava com saudades de vir aqui, mas ando sem muito tempo. Adoro o teu Blog!

    Beijos tanamoda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camilla, estava com saudades de você flor :} A gente depois que conhece sempre acaba identificando em alguém né? pra ver como sintomas podem estar presentes ao nosso redor.
      Obrigaada flor, seu blog está sempre na minha lista de visitas :}
      beeijos

      Excluir
  15. Boa noite! Vim conhecer o seu cantinho. Parabéns pelo blog. Vim através do grupo Entre Blogs. Se você quiser conhecer o meu será muito bem vindo

    http://quandoestougraciosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi flor, obrigada pela visita, irei sim, beijos:*

      Excluir
  16. Olá amiga Lane
    Uma semana de muita paz para você e todos os seus


    Abraços,
    Trocyn Bão - Thiago

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Thiago, igualmente pra você !
      :*

      Excluir
  17. Interessante! Eu ia falar justamente a respeito histeria (ai vi o link), que pode ser facilmente confundida... quando a pessoa passa a ter distúrbios psicossomáticos verdadeiramente - alguns graves, já ouvi relatos de cegueira - e muitas vezes são "acusadas" de quererem chamar atenção...

    matérias bem legais e informativas... Parabéns!

    http://pensamentosaoinvento.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é verdade Nani. Obrigada pela visita :D :D

      Excluir

Oi, que bom você está aqui, obrigada por sua visita!
Responderei seu comentário na própria página.
Deixe o endereço do seu blog para que eu te visite.
Não entro todos os dias, tenha paciência.
Retribuirei o carinho, visitas e comentários da mesma forma.
Até logo :*

Populaares õ/